O que são metas SMART e como fazer?

As metas SMART são um acrônimo que representa critérios para estabelecer objetivos mais eficazes e alcançáveis. Cada letra do termo SMART corresponde a uma característica específica que uma meta deve possuir:

  1. Específico (Specific):
    • A meta deve ser clara e específica, fornecendo detalhes precisos sobre o que precisa ser alcançado. Evite metas vagas e generalizadas.

    Exemplo não específico: “Aumentar as vendas.”

    Exemplo específico: “Aumentar as vendas em 20% no próximo trimestre, focando em produtos de alto desempenho.”

  2. Mensurável (Measurable):
    • A meta deve ser quantificável, permitindo a avaliação do progresso. Isso envolve a definição de indicadores ou métricas que podem ser usados para medir o sucesso.

    Exemplo não mensurável: “Melhorar a satisfação do cliente.”

    Exemplo mensurável: “Aumentar o índice de satisfação do cliente em 15% até o final do ano, com base em pesquisas de feedback.”

  3. Alcançável (Achievable):
    • A meta deve ser realista e alcançável, considerando os recursos disponíveis, o tempo necessário e as circunstâncias. Evite estabelecer objetivos excessivamente ambiciosos ou inatingíveis.

    Exemplo não alcançável: “Aumentar as receitas em 500% no próximo mês.”

    Exemplo alcançável: “Aumentar as receitas em 10% nos próximos três meses, implementando estratégias de upselling e cross-selling.”

  4. Relevante (Relevant):
    • A meta deve ser relevante e alinhada aos objetivos gerais da empresa. Certifique-se de que a realização da meta contribua para o sucesso global da organização.

    Exemplo não relevante: “Implementar uma nova política de férias sem motivo aparente.”

    Exemplo relevante: “Melhorar a retenção de talentos implementando uma política flexível de férias para promover o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal.”

  5. Temporal (Time-bound):
    • A meta deve ter um prazo definido para a conclusão. Isso ajuda a criar um senso de urgência e proporciona um cronograma para avaliação do progresso.

    Exemplo não temporal: “Aumentar a base de clientes.”

    Exemplo temporal: “Aumentar a base de clientes em 15% até o final do trimestre.”

Como Criar Metas SMART

  1. Identifique o Objetivo Principal:
    • Defina claramente o que você deseja alcançar. Seja específico sobre o resultado desejado.
  2. Detalhe a Meta:
    • Especifique os detalhes da meta, respondendo a perguntas como o quê, quem, onde, quando e por quê.
  3. Determine Indicadores de Medição:
    • Identifique métricas ou indicadores que permitirão medir o progresso em direção à meta.
  4. Avalie a Viabilidade:
    • Certifique-se de que a meta é realista, considerando os recursos disponíveis, o tempo e as circunstâncias.
  5. Alinhe com Objetivos Organizacionais:
    • Verifique se a meta está alinhada com os objetivos gerais da organização, contribuindo para o sucesso global.
  6. Estabeleça um Prazo:
    • Defina um prazo realista para a conclusão da meta. Isso cria um senso de urgência e possibilita a avaliação do progresso.

Ao seguir esses princípios, as metas SMART proporcionam um quadro sólido para o estabelecimento de objetivos eficazes e orientados para resultados. Essa abordagem contribui para a clareza, foco e realização bem-sucedida de metas tanto em níveis individuais quanto organizacionais. Esse modelo faz uma boa combinação com as estratégias de fidelização.

Há 2 meses atrás
Facebook Twitter YouTube LinkedIn Instagram

Baixe nosso E-book Grátis